Brasília/DF
(61) 3244-1810 (61) 99143-6466
Recife/PE
(81) 3032-4567 (81) 99279-3331
Anápolis/GO
(61) 99143-6466 (61) 99143-6466
Pelotas/RS
(53)3305-2456 (51) 99860-2244
Fortaleza/CE
(85) 99169-6837 (85) 99169-6837
Melhores tratamentos para controlar a ansiedade

Melhores tratamentos para controlar a ansiedade


Ao contrário do que muita gente pensa, a ansiedade é um sintoma natural ao ser humano. Ela existe para proteger-nos de perigos, acendendo um sinal de alerta em nosso cérebro e ativando sensações de medo, aperto no peito e coração acelerado. É útil em situações que precisamos ter reflexos rápidos. O problema, no entanto, ocorre quando as situações de perigo em que nos colocamos são imaginárias. Nesses casos, esses sintomas podem desencadear tanto episódios de ansiedade como transtornos generalizados.

O transtorno de ansiedade generalizada é a modificação do comportamento e das sensações de uma pessoa, e gera sentimentos de inquietação, terror, dificuldades de concentração, irritação extrema e uma sensação de estar sempre no limite. Em casos graves, esses sintomas podem levar o indivíduo a se isolar socialmente, e até a tirar licenças no trabalho. Quando isso acontece, o sujeito tende a se preocupar ainda mais consigo mesmo, e isso faz com que sua autoestima e a capacidade de buscar ajuda se reduzam ainda mais.

A primeira regra no tratamento da ansiedade é descartar a existência de qualquer outro quadro clínico que possa estar desencadeando os sintomas. Doenças como o hipertireoidismo ou outros problemas endócrinos, ou hipoglicemia e até alguns tipos de problemas no coração podem ser causas de ansiedade. Só se nenhum culpado clínico puder ser detectado é que o transtorno será caracterizado como uma doença psíquica.

A psicoterapia é o tratamento mais utilizado no tratamento da ansiedade. A terapia cognitivo-comportamental é uma das vertentes que tem mais êxito no alívio dos sintomas. Nessas sessões, o psicoterapeuta foca em modificar o pensamento prejudicial e os comportamentos ligados à ansiedade por novas formas de pensar e de agir. Com ela, é possível desenvolver técnicas para identificar e lidar com fatores que contribuem para o aumento da ansiedade, bem como aprender a controlá-la. Também dá outros exercícios para que, com o tempo, os níveis de ansiedade possam ir diminuindo.

Seus efeitos não são rápidos, mas são duradouros, pois ensina técnicas que a pessoa pode aplicar por toda a sua vida. Uma delas, por exemplo, é a chamada terapia de exposição, muito utilizada no tratamento de transtornos obsessivos-compulsivos e em casos de fobia. Envolve expor o paciente de forma gradual à situação ou ao objeto temido, o que, com o tempo, faz com que ele se acostume e fique menos ansioso todas as vezes que se deparar com eles.

A psicoterapia pode ou não ser associada ao uso de medicação, a depender do diagnóstico médico. Cada tipo de ansiedade responde de forma diferente à medicação, e algumas das substâncias prescritas podem causar dependência, de forma que é imprescindível a avaliação e prescrição apenas por um médico qualificado. Algumas agem de forma preventiva, outras podem até curar o problema. Drogas comuns são antidepressivos, ansiolíticos, anti-histamínicos e até anticonvulsivos.

Entretanto, o uso apenas de medicação para o combate à doença não é indicado, posto que ela somente deve ser usada como auxiliar no alívio mais imediato dos sintomas, enquanto a psicoterapia começa a ser trabalhada.

Blog


Como se internar em uma clínica psiquiátrica?

Como se internar em uma clínica psiquiátrica?

Os conflitos diários, perdas, dificuldades em lidar com as emoções, estresse, uso de drogas ilícitas, hereditariedade, exagero no uso de medicações especificas...

LER MAIS

Como ajudar alguém a deixar de fumar?

Como ajudar alguém a deixar de fumar?

O tabagismo mata mais de 10 mil pessoas a cada dia. No Brasil, essa soma é de aproximadamente 200 mil pessoas por ano as quais morrem de problemas relacionados ao uso do cigarro....

LER MAIS

Onde encontrar tratamento para parar de fumar?

Onde encontrar tratamento para parar de fumar?

O tabagismo é uma prática bastante comum em nossa sociedade. As pessoas fazem o consumo do tabaco de forma livre e ignoram os riscos de essa prática causar dependência e precisar de tratamento....

LER MAIS

Como diagnosticar um alcoólatra?

Como diagnosticar um alcoólatra?

O consumo de álcool é uma prática comum em nossa sociedade. É frequente que a pessoa que caminha para a dependência não perceba ...

LER MAIS